Arquivos

economiaAs perspectivas dos economistas do mercado financeiro tiveram nova piora. As estimativas de crescimento para a economia ficaram menores para este ano e para 2015, e a previsão para a inflação do próximo ano chegou ao limite da meta do governo. Os dados são do boletim Focus, divulgado pelo Banco Central nesta segunda-feira (8). O relatório é fruto de pesquisa com mais de 100 instituições financeiras. Para este ano, a expectativa dos economistas para a inflação recuou de 6,43% para 6,38%. Para 2015, no entanto, a estimativa subiu de 6,49% para 6,5%. A meta de inflação é de 4,5%, com tolerância de dois pontos para mais ou para menos. Dessa forma, o teto é de 6,5%. Em doze meses até novembro, segundo informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na semana passada, o IPCA, considerada a inflação oficial do país,ficou em 6,56% – valor que ainda está acima do teto de 6,5%. A meta, porém, vale somente para anos fechados.

OPI-002.epsProduto Interno Bruto
Para o Produto Interno Bruto (PIB), os economistas baixaram a estimativa de uma alta deste ano de 0,19% para 0,18%. Foi a terceira queda seguida do indicador. Se confirmada, será a menor expansão desde 2009, quando o PIB teve retração de 0,33%. Para 2015, a estimativa de expansão da economia recuou de 0,77% para 0,73%, na segunda redução consecutiva

O PIB é a soma de todos os bens e serviços feitos em território brasileiro, independentemente da nacionalidade de quem os produz, e serve para medir o crescimento da economia. No fim de outubro, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que a economia brasileira saiu por pouco da recessão técnica no terceiro trimestre de 2014 – quando o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 0,1% na comparação com o trimestre anterior. De janeiro a setembro, a economia teve expansão de 0,2% frente ao mesmo período do ano passado. Já no acumulado em quatro trimestres até setembro, a alta foi de 0,7%.

juros-420x275Taxa de juros
Para a taxa básica de juros da economia brasileira, a Selic, que avançou para 11,75% ao ano na semana passada, a expectativa do mercado para o fechamento de 2015, passou de 12% para 12,50% ao ano. Isso quer dizer que os analistas dos bancos esperam uma alta maior dos juros no próximo ano. A taxa básica de juros é o principal instrumento do BC para tentar conter pressões inflacionárias. Pelo sistema de metas de inflação brasileiro, o BC tem de calibrar os juros para atingir objetivos pré-determinados. Em 2014, 2015 e 2016, a meta central é de 4,5% e o teto é de 6,5%.

economia-brasileiraCâmbio, balança comercial e investimentos estrangeiros        

Nesta edição do relatório Focus, a projeção do mercado financeiro para a taxa de câmbio no fim de 2014 permaneceu em R$ 2,55 por dólar. Para o término de 2015, a previsão dos analistas para a taxa de câmbio avançou de R$ 2,67 para R$ 2,70 por dólar. A projeção para o resultado da balança comercial (resultado do total de exportações menos as importações) em 2014 permaneceu em um saldo zero na semana passada. Para 2015, a previsão de superávit comercial ficou estável em US$ 6,3 bilhões. Para este ano, a projeção de entrada de investimentos estrangeiros diretos no Brasil permaneceu em US$ 60 bilhões. Para 2015, a estimativa dos analistas para o aporte ficou estável em US$ 58 bilhões.

Texto-base foi aprovado; falta de quorum fez reunião ser remarcada.
Proposta desobriga governo a cumprir superávit primário de 2014.

Parlamentares dividem pacotes de bolacha durante a sessão (Foto: Fernanda Calgaro / G1)

O Congresso Nacional encerrou na madrugada desta quinta-feira (4), depois de mais de 18 horas de debates, a sessão destinada a votar o projeto enviado pelo governo federal que derruba a meta fiscal prevista para 2014. Os parlamentares aprovaram o texto-base da proposta, mas, por falta de quorum, o último destaque (proposta de alteração ao texto principal) não foi votado e uma nova sessão foi convocada para a próxima terça-feira (9).

A sessão foi marcada por troca de acusações entre os parlamentares, obstrução dos oposicionistas e confusão entre manifestantes que tentaram acompanhar a votação do plenário. Alguns parlamentares chegaram a dormir em suas poltronas e outros dividiram pacotes de bolachas.

O texto-base foi aprovado por volta de 3h45, mas quatro destaques ficaram pendentes. Três deles foram rejeitados em votações simbólicas, sem a contagem de votos. No momento em que o último destaque estava sendo discutido, parlamentares da oposição pediram votação nominal, quando foi detectado que não havia o quorum mínimo de 257 deputados.

No total, apenas 192 deputados marcaram presença na votação do último destaque. O presidente do Congresso, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), anunciou, então, que uma nova sessão para discutir o texto deverá ocorrer na próxima terça-feira.

Manifestantes protestam na entrada da Câmara contra o projeto que acaba com a meta fiscal (Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)

Manifestantes protestam na entrada da Congresso contra o projeto que acaba com a meta fiscal (Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

A Defensoria Pública do Estado da Bahia ingressou com uma Ação Civil Pública na 5ª Vara da Fazenda Pública da Capital contra a instituição da pensão vitalícia a ex-governadores.  A Defensoria alega que a emenda aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado da Bahia é inconstitucional e pede a condenação do Estado da Bahia, ”em obrigação de não fazer, consistente na cessação do pagamento de vantagem pecuniária, aos ex-Governadores ou dependentes desses, nominada de ‘pensão eletiva”. Informações do Bahia Notícias

eu2Todos os anos comemoramos o Natal e o Ano Novo, com muita alegria, festa, reencontros de amigos e familiares. No Natal se renovam nossas esperanças diante do grande acontecimento de todos os tempos que é a vinda de Nosso Senhor Jesus Cristo, que é sem sombra de dúvidas, tempo de renovar a nossa fé e efetivamente renovar as nossas esperanças. Os encontros, os festejos são importantes, porém devemos lembrar que o mais importante mesmo é estar com o espírito voltado mais para Oração, portanto o importante mesmo é que consagremos nesta data tão especial para as Nações de todo o mundo um só sentimento: “Jesus é o nosso Salvador, veio nesta data para nos livrar do Pecado, da Maldade, da Infâmia, da Inveja, do Orgulho, da Ambição e da falta de Amor, viveu aqui na terra como exemplo de tudo o que é bom”. Oremos então para que estes sentimentos de guerra e desavenças em Cristo, sejam lavados do coração daqueles que os praticam.  O Amor a Deus sobre todas as coisas, de Coração, Mente e Alma e o Amos ao próximo como a ti mesmo, são os dois mandamentos que nos levam ao reino de Deus, podem ter certeza disto.

A nossa proposta é de que todos, promovam a paz e pratiquemos o amor de forma incondicional e sem discriminação. Os bens materiais não devem nos levar de forma ambiciosa para longe de Deus. Vamos pelo menos tentar melhorar a partir deste Natal, o nosso comportamento para com Deus e para com nossos Irmãos, para que possamos verdadeiramente ter uma vida digna, regada com a prática do bem, da solidariedade e da dispensa do amor e caridade sem escolher a quem.

Que o onipotente Deus único, interceda para que a proteção daqueles que é Dele, seja realizada conforme as promessas.

A todos Desejamos um feliz Natal e um Ano Novo bem melhor para todos nós!

Raimundo Nonato e Família

O Google revelou alguns detalhes do projeto Loon, que usará balões para levar internet para áreas remotas. Entre os dados, a empresa indica que os balões estão muito mais resistentes, capazes de permanecer 100 dias no ar, 10 vezes mais do que no ano passado.

A empresa também fez grandes progressos nas técnicas para inflar balões, conseguindo preenchê-los com gás em apenas 5 minutos. Desta forma, a empresa é capaz de lançar até 20 balões por dia, muito mais do que era possível antigamente. Outro dado interessante é que os balões que já foram lançados pelo Google, que podem flutuar pela estratosfera e subir e descer para se adequar às correntes de ar, já navegaram por cerca de 3 milhões de quilômetros, o que seria suficiente para quatro viagens de ida e volta até a lua.

(MAIS…)

Preço praticado no Brasil irrita até usuários antigos do smartphone, além de fazer o país ser motivo de piada na comunidade internacional.

Camila Gadelha é publicitária e aproveitou uma viagem aos EUA para comprar o iPhone 6. O aparelho anterior dela, um 4S, durou três anos. Esse foi um dos fatores que fizeram com que ela optasse pela Apple novamente. Ela tem outros aparelhos da marca e a convergência do ecossistema também valeu pontos na hora de escolher o novo celular.

Mas Camila é categórica quando perguntamos se ela compraria o iPhone 6 pelo preço que ele está sendo vendido no Brasil. Não, é claro. Já André Ferraz topou trocar de aparelho porque sua operadora ofereceu a chance de ele receber o telefone sem pagar nada por isso, usando somente seus pontos de cliente. Ele tinha um iPhone 5S – que também veio de uma promoção da operadora – e aceitou a proposta porque não ia gastar nada e também aprecia o ecossistema Apple. Ele conta que quase voltou para o Android no começo do ano (a escolha seria o MotoX), mas acabou mudando de ideia por causa da câmera de vídeo.

(MAIS…)

 

 

A aprovação por unanimidade da emenda constitucional que garante aposentadoria vitalícia a quatro dos ex-governadores do estado está sendo alvo de muitas criticas por parte dos baianos.

Nas ruas, indignação é a palavra mais utilizada para definir a opinião da população sobre o caso. “Tá errado! Não é justo com os demais trabalhadores”, brada o servidor público, também aposentado, Djalma Luis, 66 anos. Na opinião dele, as condições levadas em conta para se definir a aposentadoria dos governadores e do público em geral deveriam ser as mesmas dos demais trabalhadores. Outro que se mostrou indignado com a aprovação legislativa foi o motorista Odair Nobre. Na opinião dele, a lei chega a ser uma afronta aos demais trabalhadores.

(MAIS…)

5ª edição no país acontece nesta sexta (28) e busca resgatar credibilidade.
Falta de estoque e maquiagem de preço costumam liderar queixas.

Veja dicas para evitar problemas e armadilhas durante a Black Friday

Do G1, em São Paulo

A quinta edição da Black Friday Brasil – evento que promete grandes descontos nas compras no comércio, sobretudo pela internet – acontece nesta sexta-feira (28) com o desafio de resgatar a credibilidade do dia de liquidações no varejo que teve a imagem arranhada nas edições anteriores por problemas e falsos descontos.

Para combater a maquiagem de preços e o clima de desconfiança que levou a data a ser apelidada nas redes sociais de “Black Fraude”, a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (Camara-e.net) lançou no ano passado um selo de qualidade para dar credibilidade às promoções realizadas durante o evento, o selo “Black Friday Legal”.

Selo Black Friday Legal (Foto: Divulgação)Selo identificará lojas que se comprometeram a não
maquiar preços (Foto: Divulgação)

As empresas que se cadastraram no programa aderiram a um código de ética, comprometendo-se, entre outras práticas desejáveis pelos consumidores, a não maquiar preços. Se descumprirem a regra, não receberão o selo no ano seguinte.

Neste ano, mais de 500 lojas exibirão o selo, número mais de trêz vezes acima das 123 varejistas credenciadas em 2013. A alta procura surpreendeu, já que a entidade esperava um aumento de 20% a 25% nas inscrições.

Outro fator para o otimismo é que neste ano a Black Friday coincide com o pagamento da primeira parcela do 13º salário, o que poderá estimular a antecipação de compras de Natal. Importado dos Estados Unidos, o evento de descontos no varejo é “celebrado” sempre um dia após ao feriado de Ações de Graças dos norte-americanos, geralmente entre a penúltima e última sexta-feira de novembro.Para tentar evitar que os problemas das últimas edições voltem a se repetir, o IDV (Instituto para Desenvolvimento do Varejo) e a Fundação Procon-SP elaboraram uma série de recomendações às empresas participantes como a disponibilização de canais de atendimento de fácil acesso 24 horas para que o consumidor esclareça suas dúvidas, além de reforço na infraestrutura para melhor estabilidade dos sites mesmo com grande volume de acessos.

DICAS E RECOMENDAÇÕES
Veja a seguir as principais dicas e recomendações de especialistas e associações de defesa do consumidor para se evitar problemas e armadilhas durante a Black Friday:

Não caia em roubada
- Verifique os preços cobrados antes do dia da liquidação. Sites especializados em buscas como o Baixou e o Buscapé permitem verificar o histórico de preços de um produto.

Reputação da loja
- Escolha uma loja na qual você já tenha comprado ou que tenha boas referências. Certifique-se também se se são informados dados como endereço, telefone, e-mail, CNPJ, políticas de privacidade e troca e devolução de produtos.

Selo de qualidade
Os organizadores lançaram um selo para indicar as lojas que se comprometeram a boas práticas como não maquiar preços. Veja a lista de sites participantes na página camara-e.net/blackfriday/

Sites não confiáveis
- O Procon-SP mantém uma lista com mais de 400 sites que devem ser evitados para compras, devido ao histórico de reclamações e ao fato de não terem sido localizados para solucionar as queixas de consumidores. Clique aqui para consultar

Não compre gato por lebre
- A Serasa disponibilizará durante a Black Friday um serviço gratuito de consulta da situação do CNPJ das empresas. A ferramenta VocêConsulta Empresas informa razão social, ocorrência de protestos, cheques sem fundo, ações judiciais, endereço, falências e a existência legal da companhia.

Evite clicar em anúncios que chegam por e-mail
- Oportunistas aproveitam a data para enviar e-mails falsos com nome de marcas famosas. O mais seguro é sempre digitar o endereço da loja para procurar o produto desejado.

Fuja dos falsos descontos
- Desconfie de descontos muito espetaculares. Segundo os especialistas, os descontos reais dificilmente devem passar de 30%.

Cuidado com a maquiagem de preço
- Nas últimas edições foram registrados casos em lojas aumentam o preço dias antes da Black Friday para oferecer descontos irreais, a chamada “metade do dobro”. Pesquisa do Programa de Administração de Varejo (Provar) identificou alta em 21,4% dos produtos analisados na liquidação do ano pasado. Maquiagem de preços pode ser considerada publicidade enganosa e os estabelecimentos podem ser multados pela prática.

Documente os passos da compra
Devido ao grande número de acessos às lojas virtuais, a queda do sistema foi uma das reclamações mais comuns nas edições passadas. Para prevenir-se, a recomendação é documentar todos os passos da compra e dar um “printscreen” das telas do computador, inclusive se o site sair do ar, para ter provas de que o pedido foi realizado.

Seja rápido na hora da compra
Como os estoques dos produtos costumam ser limitados, recomenda-se que as compras sejam feitas rapidamente, sem adiamentos.

Colocar produto no carrinho não garante compra
As empresas alertas que o fato de colocar o produto no carrinho de compras virtual não significa que ele esteja garantido, ou seja, a reserva somente será feita mediante o preenchimento dos dados de pagamento para a geração do pedido.

Boleto ou crédito?
Usar cartão de créditofacilita o cancelamento do pagamento. Mas como as ofertas devem ser menores que as anunciadas nas edições anteriores, o pagamento à vista, com o uso de boletos bancários, pode garantir descontos adicionais de até 10%.

Verifique o prazo de entrega
Durante promoções, os prazos podem ser maiores. A empresa é obrigada a informar, entretanto, o tempo de espera dos produto.

Troca de produtos com defeito
- O Código de Defesa do Consumidor estabelece prazo de 30 dias para reclamações sobre problemas ou defeitos, no caso de produtos não duráveis, e de 90 dias para bens duráveis. O consumidor poderá escolher entre três opções: exigir sua troca por outro produto em perfeitas condições de uso, a devolução integral da quantia paga, devidamente atualizada, ou ainda o abatimento proporcional do preço. Vale lembrar que produtos importados adquiridos no Brasil seguem as mesmas regras dos nacionais.

Para quem reclamar
- Os Procons são os responsáveis pela fiscalização e aplicação de multas. O Procon de São Paulo terá um plantão 24h para o atendimento das reclamações durante a Black Friday. Em São Paulo, os consumidores poderão registrar as reclamações pelo telefone 151 (somente para a cidade de São Paulo), pelo site (clique aqui para acessar) e pelas redes sociais através da hashtag #BlackFridaynamiradoProconSP. A entidade afirma que a intermediação com as empresas para tentar solucionar os problemas relatados será em tempo real.

No Rio de Janeiro, as reclamações podem ser feitas pelo site do Procon estadual (clique aqui para acessar) e no municipal (clique aqui).

Empresas mais reclamadas
- O site Reclame Aqui também recebe reclamações e promete elaborar um ranking em tempo real das empresas participantes. No ano passado, a página recebeu 8,5 mil reclamações por causa da Black Friday, 6,2% a mais do que em 2012. Os principais motivos foram: falta de estoque dos produtos (46%), maquiagem de preço (2%) e lentidão e dificuldade para acessar os sites das empresas.

Direitos do consumidor
É obrigação do lojista garantir o que foi prometido no site. Portanto, se o produto for ofertado e faltar, a entrega deve ser garantida pelo Código de Defesa do Consumidor (CDC).
O consumidor tem o prazo legal de sete dias para se arrepender da compra e pedir a devolução, caso não goste do produto.

BRASÍLIA – A Polícia Federal tenta cumprir nesta quinta-feira, 27, mandados de prisão de dois irmãos do ministro da Agricultura, Neri Geller, na Operação Terra Prometida, deflagrada para combater esquema de venda ilegal de lotes distribuídos por meio de reforma agrária no Estado de Mato Grosso. A assessoria de imprensa do Ministério da Agricultura informou que o ministro está em viagem ao exterior representando o vice-presidente da República, Michel Temer, e, por enquanto, não poderá se pronunciar sobre o assunto. A assessoria informou que não tem detalhes da ação da PF contra os irmãos de Geller.

Segundo a PF, com o objetivo de se obter a reconcentração fundiária de terras da União destinadas à reforma agrária, fazendeiros, empresários e grupos do agronegócio faziam uso de sua influência e poder econômico para aliciar, coagir e ameaçar parceleiros para obter, ilegalmente, deles lotes de 100 hectares, cada um avaliado em cerca de R$ 1 milhão. Estima-se que 80 fazendeiros fazem parte do esquema. A fraude pode alcançar o montante de R$ 1 bilhão, em valores atualizados.

“Com ações ardilosas, uso da força física e até de armas, compravam a baixo preço ou invadiam e esbulhavam a posse destas áreas. Em seguida, com o auxílio de servidores corrompidos do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), integrantes de entidades de classe, servidores de Câmaras de Vereadores e de Prefeituras Municipais buscavam regularizar a situação do lote”, diz a PF em nota sobre a operação.

A PF informou que foram emitidos pela Justiça Federal 52 mandados de prisão preventiva, 146 de busca e apreensão e 29 de medidas proibitivas, nos municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Nova Mutum, Diamantino, Lucas do Rio Verde, Itanhangá, Ipiranga do Norte, Sorriso, Tapurah e Campo Verde, todos em Mato Grosso. Há investigados também nos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

A operação, que conta com cerca de 350 policiais federais, investiga crimes de invasão de terras da União, contra o meio ambiente, fraudes em documentos, e corrupção ativa e passiva. O inquérito foi instaurado em 2010 e, entre os alvos, estão oito servidores públicos.

X97C60093ADB8482B8B5B4D2AA8A62CDC

A pouco mais de um mês para o fim do segundo mandato de Jaques Wagner (PT), deputados estaduais aprovaram nesta terça-feira (25), por unanimidade da Assembleia, projeto de lei que prevê aposentadoria vitalícia para ex-governadores. A medida, restrita a quem tem mais de 30 anos de contribuição previdenciária, vai beneficiar Wagner e outros dois ex-governadores: Paulo Souto (DEM) e o senador João Durval (PDT). Cada um vai receber pensão de R$ 19 mil, valor do salário atual do governador. Em caso de morte, a viúva herda o benefício vitalício. A proposta, de autoria do deputado Adolfo Menezes (PSD), foi aprovada após acordo entre base aliada e oposição. Agora, segue para a sanção de Wagner. O líder do governo, deputado Zé Neto (PT), disse à Folha de S.Paulo que a aposentadoria vitalícia seria uma forma de dar estabilidade a ex-governadores.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Treze cartas escritas por Chico Xavier que teriam sido psicografadas do estudante Jair Presente foram consideradas autênticas em suas informações por uma pesquisa científica publicada pela revista Explore, da editora Elsevier, com sede na Holanda. Jair morreu afogado no interior de São Paulo em 3 de fevereiro de 1974. “Estas cartas produzem informações verificáveis. Não são informações genéricas. Trazem nomes de pessoas, situações que aconteceram, e estas informações eram, de modo geral, verídicas”, disse a O Globo o psiquiatra Alexander Moreira-Almeida,  diretor do Núcleo de Pesquisas em Espiritualidade e Saúde (Nupes), da Universidade Federal de Juiz de Fora, que foi orientador da pesquisa. Leia mais.

O estudo das cartas que teriam sido escritas por Jair faz parte de uma série feita pelos pesquisadores Alexandre Caroli Rocha e Denise Paraná no pós-doutorado. Eles entrevistaram em detalhes familiares e pessoas que tiveram acesso aos casos descritos nas cartas e fizeram checagem em reportagens e documentos da época.

Chico Xavier, que morreu em 2002, foi acusado de infiltrar seguidores entre o público durante as seções espíritas para coletar informações essenciais e colocá-las nas cartas.

“A grande limitação do estudo é que estamos analisando fatos que aconteceram 20, 30 anos atrás. É difícil ter certeza do grau de informações passadas para Chico Xavier”, reconhece Almeida. Mas afirma: “Houve casos nos quais as pessoas que forma obter a carta com Chico Xavier tinham aquela informação que estava na mensagem. Apenas posteriormente foi feita uma investigação pelos próprios familiares para descobrir que aquelas informações eram também verídicas”.

A pesquisa afirma apenas, no entanto, que as informações das cartas são verdadeiras, não que foram escritas por alguém já morto.

TRIBUNA DA BAHIA

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) desaprovou as contas da campanha eleitoral do deputado estadual e atual presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo (PT). O parecer aponta diversas irregularidades na prestação de contas do pestista, a exemplo de três comprovantes que não possuíam a assinatura do doador.Entre os comprovantes está um repassado pelo governador eleito Rui Costa (PT) no valor de R$464,75 e outro da deputada estadual Maria Luiza Laudano (PSD), que discrimina a doação de R$ 6.555. Diversas doações detectadas foram recebidas em data anterior à entrega da segunda prestação de contas parcial, porém, não foram informadas na época. Algumas despesas seguiram a mesma irregularidade e foram ocultadas da prestação de contas no primeiro momento, o que inclui os gastos com serviço de contabilidade e consultoria jurídica.

 

diomar1

 

Preâmbulo:

Homenagear uma pessoa de forma consensual, digna e verdadeira não é nada fácil, principalmente se esta pessoa tenha importância em sua vida. Acredito piamente que a vida não se resume nesta nossa passagem terrena, por isso, serenamente me ouso a comentar: “Acontecimentos graves que nos tiram bruscamente de nosso meio, pessoas que amamos, não são determinantes, pois certamente em Cristo, a vida continua. É questão de tempo para reencontrarmos na Eternidade. Questão de tempo que felizmente não temos o privilégio de conhecer.

 

 

 

 

O Poeta que falava de primavera e inverno,

Manhãs, tardes, noites, praças e vielas,

Sol no horizonte descrevia em tom eterno

Despia a imagem com palavras belas

 

O poeta falava do outono e verão

O jeito seguro e convincente cravava

Na mente, na alma e no coração

Com fervura e firmeza o que falava

 

O poeta falava da vida e da morte

Falava de gente de animais e outrora

Dizia que a vida é pra quem tem sorte

Pros que ficam e pros que vão embora

 

O poeta dizia que falar pela cantiga

Era expressar com mais fé e certeza

Traduzia tudo de forma mais antiga

Em seus versos cantava a natureza

 

Sua voz grave como Nelson Gonçalves

Fazia questão de cantar declamando

Voz forte, ao mesmo tempo suave

Em frente ao violão, acabava chorando

 

Acidente vascular lhe tirou em tempo a voz

Não desistiu, adotou a gaita perfeito som

Lembro-me das tentativas de mostrar pra noz

Que enquanto esperava a voz emitia o tom

 

Para mim, surgiu do nada, derrepente

E para prosperar formou uma família feliz

Superação e fé, sua marca permanente

Se via isto nele e é o que todos hoje diz

 

O poeta se foi. Deixou um espaço vazio

Irreparável buraco em noz por ter partido

Não só amigo, companheiro, era bom tio

Bom Pai, Bom filho, Bom Avô e Bom Marido

 

Te garanto Diomar Silva Brito:

Que no céu que agora é teu e será meu

Assim é a promessa de Jesus Cristo

Para os que Nele vive e viveu.

jesus-cristononato

Foto: Ivone Perez
Foto: Ivone Perez

O ex-ministro Márcio Thomaz Bastos morreu no início da manhã desta quinta-feira (20). Ele, que tinha 79 anos, ele estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, e se submetia a um tratamento de descompensação de fibrose pulmonar. A causa exata da morte não foi divulgada pela instituição por orientação da família. Confira a biografia.

São Paulo – A justiça americana investiga se a Petrobras ou seus funcionários receberam suborno, no primeiro episódio internacional do escândalo de corrupção envolvendo a estatal. A informação foi publicada neste domingo pelo jornal Financial Times, com base em fontes familiarizadas com o assunto. De acordo com a publicação, o Departamento de Justiça dos EUA abriu uma investigação criminal contra a companhia, enquanto a SEC, órgão que regula as bolsas americas, está iniciando uma investigação civil contra os servidores da empresa. As autoridades americanas buscam saber se houve violação de um estatuto anti-corrupção que tornou ilegal subornar funcionários estrangeiros, afirma o jornal. Pela lei americana, empresas que estão no país respondem se subornarem funcionários, ainda que fora dos Estados Unidos. Segundo a reportagem, os órgãos americanos não quiseram comentar o caso e a Petrobras não respondeu aos pedidos de entrevista. Denúncias do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, e do doleiro Alberto Youssef, apontam o envolvimento de executivos da estatal, políticos e empreiteiras em desvios de recursos em contratos da empresa. O caso é investigado pela Polícia Federal na Operação Lava Jato.

Categorias
Sua opinião
Não há nenhuma enquete disponível no momento.
web statistics